RITMO INTENSO Em um ano, TJ de São Paulo reduz acervo em 22% Em 12 meses, o Tribunal de Justiça de São Paulo julgou mais de 187 mil ações e reduziu em 22% o total de processos em segunda instância que estão em seu acervo e aguardam análise. Em junho de 2012, estavam em andamento 854.474 recursos, contra 667.079 este ano. Durante o primeiro semestre, foram distribuídos 302.045 recursos e os integrantes analisaram 405.212 ações. Os dados foram divulgados na quarta-feira (24/7).

RITMO INTENSO Em um ano, TJ de São Paulo reduz acervo em 22% Em 12 meses, o Tribunal de Justiça de São Paulo julgou mais de 187 mil ações e reduziu em 22% o total de processos em segunda instância que estão em seu acervo e aguardam análise. Em junho de 2012, estavam em andamento 854.474 recursos, contra 667.079 este ano. Durante o primeiro semestre, foram distribuídos 302.045 recursos e os integrantes analisaram 405.212 ações. Os dados foram divulgados na quarta-feira (24/7). Se o ritmo for seguido, o TJ-SP superará o resultado de 2012, ano em que foram julgados 723.790 recursos, com acervo de 720 mil peças no final de desembro. Em junho, foram julgados 72.685 recursos, sendo que 10.620 eram internos e outros 7.343 foram alvo de decisões monocráticas. No mesmo mês, foram distribuídos no TJ-SP 53.133 processos. Durante o primeiro semestre, o mês com maior número de recursos julgados foi abril, com um total de 76.944 ações. Também foi registrada em abril a maior carga de novos recursos: 55.585. Com essa ritmo, o TJ-SP superará o resultado de 2012, ano em que foram julgados 723.790 recursos, com acervo de 720 mil peças no final de desembro. Os 667.079 recursos atualmente em acervo estão divididos entre o acervo do Ipiranga (259.988), os cartórios de câmaras (199.619), os cartórios de processamento de recursos aos tribunais superiores (73.251), os gabinetes da Seção de Direito Privado (65.761), da Seção de Direito Público (40.911) e da Seção de Direito Criminal (27.549). Com informações da Assessoria de Imprensa do TJ-SP. Clique aqui para ler o relatório. Revista Consultor Jurídico, 25 de julho de 2013 fonte conjur

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

CONSTITUIÇÃO FEDERAL- ARTIGO 5 INCISO XX - CLAUSULA PÉTREA

veja sumula 233 STJ cédula de crédito bancario

Associação de moradores não é empresa prestadora de serviços