38% DO TOTAL Mais de 500 Varas do Trabalho já contam com o processo eletrônico Da Redação - 28/07/2013 - 12h27 Atualmente, 538 Varas do Trabalho estão instaladas com o PJe-JT (Processo Judicial Eletrônico da Justiça do Trabalho), o que representa 38% do total de 1455 Varas das 24 Regiões do país. Esses dados foram divulgados nesta sexta-feira (26) pelo juiz auxiliar da Presidência do TST (Tribunal Superior do Trabalho) José Hortêncio Júnior durante o Encontro de Comunicação da Justiça do Trabalho, que ocorreu na sede do TST. Leia mais: União é condenada a indenizar servidor que perdeu a visão em decorrência de condição de trabalho Centrais sindicais defendem continuidade de multa de 10% sobre o saldo do FGTS Mineradora garante que cumpriu normas de segurança no Amapá Manifestações de policiais em SP não deverão trazer problemas para a população, diz secretário Na abertura do Encontro, o secretário-geral do CSJT (Conselho Superior da Justiça do Trabalho), juiz Orlando Tadeu de Alcântara, afirmou que o Judiciário "não tem mais receio" de tratar qualquer assunto com a sociedade. "Antigamente existia uma máxima que dizia que o juíz só se comunicava pelo processo. No entanto, verificou-se a necessidade de abrirmos a porta do Judiciário". O juiz auxiliar da Presidência, Saulo Tarcísio de Carvalho Fontes, participou de um painel sobre a 3ª Semana de Execução Trabalhistas, que acontecerá em agosto. O Encontro contou com a participação de assessores de comunicação social dos Tribunais Regionais do Trabalho. O foco foram as atividades do segundo semestre de 2013, como as comemorações dos 70 anos da CLT (Consolidação das Leis do Trabalho), a 3º Semana de Execução Trabalhista e o PJe-JT. O presidente do Tribunal Superior do Trabalho e do CSJT, ministro Carlos Alberto Reis de Paula, abriu o Encontro ressaltando a importância da comunicação com a sociedade. "Entendemos que a comunicação social tem uma relevância extraordinária. É um direito da sociedade. Longe o momento em que o juiz se ausentava, que a Justiça mantinha distância da população", afirmou. fonte ultimainstancia

38% DO TOTAL Mais de 500 Varas do Trabalho já contam com o processo eletrônico Da Redação - 28/07/2013 - 12h27 Atualmente, 538 Varas do Trabalho estão instaladas com o PJe-JT (Processo Judicial Eletrônico da Justiça do Trabalho), o que representa 38% do total de 1455 Varas das 24 Regiões do país. Esses dados foram divulgados nesta sexta-feira (26) pelo juiz auxiliar da Presidência do TST (Tribunal Superior do Trabalho) José Hortêncio Júnior durante o Encontro de Comunicação da Justiça do Trabalho, que ocorreu na sede do TST. Leia mais: União é condenada a indenizar servidor que perdeu a visão em decorrência de condição de trabalho Centrais sindicais defendem continuidade de multa de 10% sobre o saldo do FGTS Mineradora garante que cumpriu normas de segurança no Amapá Manifestações de policiais em SP não deverão trazer problemas para a população, diz secretário Na abertura do Encontro, o secretário-geral do CSJT (Conselho Superior da Justiça do Trabalho), juiz Orlando Tadeu de Alcântara, afirmou que o Judiciário "não tem mais receio" de tratar qualquer assunto com a sociedade. "Antigamente existia uma máxima que dizia que o juíz só se comunicava pelo processo. No entanto, verificou-se a necessidade de abrirmos a porta do Judiciário". O juiz auxiliar da Presidência, Saulo Tarcísio de Carvalho Fontes, participou de um painel sobre a 3ª Semana de Execução Trabalhistas, que acontecerá em agosto. O Encontro contou com a participação de assessores de comunicação social dos Tribunais Regionais do Trabalho. O foco foram as atividades do segundo semestre de 2013, como as comemorações dos 70 anos da CLT (Consolidação das Leis do Trabalho), a 3º Semana de Execução Trabalhista e o PJe-JT. O presidente do Tribunal Superior do Trabalho e do CSJT, ministro Carlos Alberto Reis de Paula, abriu o Encontro ressaltando a importância da comunicação com a sociedade. "Entendemos que a comunicação social tem uma relevância extraordinária. É um direito da sociedade. Longe o momento em que o juiz se ausentava, que a Justiça mantinha distância da população", afirmou. fonte ultimainstancia

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

CONSTITUIÇÃO FEDERAL- ARTIGO 5 INCISO XX - CLAUSULA PÉTREA

veja sumula 233 STJ cédula de crédito bancario

Associação de moradores não é empresa prestadora de serviços